CRITÉRIOS DE JULGAMENTO E PONTUAÇÃO

O processo de julgamento visa assegurar que cada projeto seja avaliado com uma pontuação máxima de 100 (cem) pontos, nas seguintes perspectivas:
 

- Desejável pelo Mercado e Sociedade = 20 pontos

Houve impacto na economia local?
As ações implantadas estimularam a criação de novos Pequenos Negócios e/ou o crescimento dos mesmos?
Houve geração de empregos nos Pequenos Negócios envolvidos no projeto?
Quanto maior a criação de novos Pequenos Negócios, o aumento de seus faturamentos e a sua capacidade de geração de empregos, maior a nota do projeto.

- Rentável = 20 pontos

O processo de compras foi simplificado?
O custo de planejamento e execução do projeto trouxe benefícios efetivos?
Dado que todo projeto envolve investimentos e/ou despesas em sua implantação e que os processos de compras visam reduzir os custos dos produtos e serviços para os Governos, a redução de custo com as compras foi maior que o aumento de custo com a implantação do projeto gerando uma relação custo/benefício positiva?
Quanto maior o benefício gerado, maior a nota do projeto.

- Sustentável = 20 pontos

As ações implantadas e seus resultados são sustentáveis no médio e longo prazo?
Há a expectativa de continuidade das ações ou todos os resultados já foram atingidos?
Quanto maior a continuidade, maior a nota do projeto.

- Replicável = 20 pontos

As ações implantadas e seus resultados podem ser copiados?
Outros entes governamentais podem facilmente colocar em prática estas ações com resultados semelhantes em suas áreas geográficas?
As ações podem ser utilizadas para estimular a compra de Pequenos Negócios que forneçam outras famílias de produtos ou serviços?
Quanto maior a possibilidade de ser replicado em outras geografias ou famílias, maior a nota do projeto.

- Inovador = 20 pontos

As ações implantadas foram uma novidade em relação ao que vinha sendo praticado?
As atividades do projeto compreendem processos diferentes dos que são usualmente praticados?
A ideia central do projeto é simples, gerando baixa complexidade para seu entendimento e aplicação?
Quanto mais inovador e mais simples, maior a nota do projeto.

 

Pontuação
 
A Comissão Julgadora obedecerá aos seguintes procedimentos para padronizar os critérios de julgamento:
 
• julgar os primeiros projetos em sessões conjuntas, com a participação de todos os membros. Deverão ser julgados nestas sessões tantos projetos quantos se fizerem necessários, até que se estabeleça, entre todos os seus membros um senso comum de como conceder a pontuação de cada Critério de Julgamento;
 
• em seguida, os projetos ainda não julgados poderão ser distribuídos entre os membros das Comissões, segundo critérios acordados entre os próprios membros;
 
• cada julgador deverá, então, julgar os projetos sob sua responsabilidade, fazendo o lançamento de sua pontuação com clareza nos campos específicos da súmula de julgamento;
 
• ao término do trabalho de pontuação individual, toda a Comissão, em reunião conjunta, deverá avaliar todos os resultados e, atendendo à indicação de seus membros, escolher os ganhadores, podendo reavaliar, na presença de todos os membros, as notas dadas aos projetos individualmente;
 
• as Comissões só poderão divulgar a relação alfabética dos projetos julgados e dos projetos ganhadores, não podendo, em nenhuma hipótese, divulgar as notas concedidas;
 
• sempre que necessário, a Comissão Julgadora deverá esclarecer dúvidas e divergências entre seus membros por meio de votação, cabendo ao presidente o voto de qualidade, caso se faça necessário;
 
• as decisões da Comissão Julgadora são soberanas, definitivas e irrecorríveis.